Ferramentas Pessoais
Você está aqui: Página Inicial Notícias MJSP debate boas práticas e intercâmbio de experiências em compartilhamento de informações

MJSP debate boas práticas e intercâmbio de experiências em compartilhamento de informações

Tema é discutido pela Ação 07/2020 da Estratégia Nacional de Combate à Corrupção e à Lavagem de Dinheiro (ENCCLA) - Aprimorar os mecanismos de compartilhamento de informações entre órgãos administrativos de fiscalização e controle, e entre estes e os de persecução criminal e improbidade administrativa, com vistas a preservar a segurança jurídica.

Brasília, 07/10/2020 – O Ministério da Justiça e Segurança Pública (MJSP) realizou o Workshop “Boas práticas e intercâmbio de experiências em padrões de interoperabilidade”. O evento, organizado  em conjunto com a Procuradoria-Geral da Fazenda Nacional (PGFN), Conselho de Controle de Atividades Financeiras (Coaf) e Comissão de Valores Mobiliários (CVM), é um dos resultados da Ação 07/2020 da Estratégia Nacional de Combate à Corrupção e à Lavagem de Dinheiro (ENCCLA). A Ação discute formas de compartilhamento de informações e bases de dados, de forma segura, entre órgãos administrativos de fiscalização e controle, persecução criminal e improbidade administrativa, com o objetivo de preservar a segurança jurídica.

O Secretário Nacional de Justiça, Cláudio Panoeiro, destacou, durante a abertura, a importância do intercâmbio de informações entre os entes públicos como forma de se criar mecanismos eficientes para o enfrentamento aos crimes de corrupção e de lavagem de dinheiro. “Espero que, a partir de hoje, o País consiga avançar, cada vez mais, no enfrentamento da corrupção e da lavagem de dinheiro. Contamos com os trabalhos dedicados da ENCCLA, e acima de tudo, dos servidores sonhadores com um Brasil melhor”, ressaltou.

O Procurador-Geral da Fazenda Nacional (PGFN), Daniel de Saboia Xavier, discorreu sobre a execução eficiente de políticas públicas por meio do uso adequado das informações. “O compartilhamento de dados é o grande ponto de inflexão na administração pública. Nós temos três grandes desafios no caminho: o jurídico, o operacional e o cultural”, esclareceu.

Na mesma linha, o Inspetor da Superintendência Geral da Comissão de Valores Mobiliários (CVM), Marcus Vinicius de Carvalho, salientou a necessidade da discussão do tema e da troca de experiências para a inserção de boas práticas no serviço público: “O intercâmbio é essencial para que a execução da prevenção e combate à lavagem de dinheiro e financiamento do terrorismo tenha a sua devida efetividade. Esse trabalho é um marco fundamental para o nosso País”, ressaltou.

O Secretário-Executivo do Conselho de Controle de Atividades Financeiras (COAF), Jorge Luiz Alves Caetano, referendou a importância do diálogo entre os órgãos administrativos de fiscalização e controle. “O diálogo é indispensável para manter o padrão dos sistemas. Temos um grande desafio pela frente”.

A programação foi estruturada em palestras ministradas por representantes do Banco Central do Brasil (BCB), Tribunal de Contas da União (TCU), Conselho Nacional de Justiça (CNJ), Dataprev, Serpro e Ministério da Economia (ME). Os palestrantes abordaram os temas Governança da Informação; Ferramenta digital do orçamento fiscal da União; Interoperabilidade, LGPD e Integridade de Dados; Laboratório de Informações de Controle e Sistema DATAJUD - base nacional do Poder Judiciário que possui todos os dados relevantes dos processos em tramitação no país.

Ações do documento
Agenda
Outubro
DoSeTeQuQuSeSa
123
45678910
11121314151617
18192021222324
25262728293031
Galeria de Imagens ENCCLA
Flickr