Ferramentas Pessoais
Você está aqui: Página Inicial Notícias ENCCLA apresenta os resultados das Ações de 2022

ENCCLA apresenta os resultados das Ações de 2022

Na abertura da XX Reunião Plenária da ENCCLA representantes de instituições que participam da Estratégia destacaram importância e desafios das ações desenvolvidas ao longo de 2022

Brasília, 7/11/2022 – A Secretaria Nacional de Justiça (Senajus), do Ministério da Justiça e Segurança Pública (MJSP), conduziu, nesta segunda-feira (7), em Brasília, a abertura da 20ª Reunião Plenária da Estratégia Nacional de Combate à Corrupção e à Lavagem de Dinheiro (Enccla 2023). Na ocasião, foram apresentados resultados das 11 ações de 2022, frutos de trabalho articulado entre representantes de órgãos públicos e da sociedade civil.

Para o secretário Nacional de Justiça, Bruno Andrade de Costa, o trabalho integrado tem sido fundamental para o fortalecimento da Enccla, desde que foi criada, em 2003. “Com a colaboração de todos os parceiros através dos anos, a Enccla cresceu, amadureceu e se solidificou como a principal rede de articulação para o debate e discussões para formulação de ações, projetos e políticas públicas dentro da sua área temática”, destacou.

Na abertura, a plenária aprovou os resultados das 11 Ações elaboradas durante o ano de 2022, tais como: compartilhamento de dados entre atores estatais; identificação de beneficiário final; supervisão de PLD/FT no setor de mineração e comércio de metais e pedras preciosas; transporte transfronteiriço de valores; risco de financiamento do terrorismo por meio de abuso de Organizações da Sociedade Civil; estatísticas nacionais de PLD/FT; aperfeiçoamentos do Portal Nacional de Contratações Públicas (PNCP); pirâmides financeiras e esquemas “Ponzi”; estruturas societárias e arranjos “offshore” – paraísos fiscais; correlação dos crimes ambientais com a corrupção e a lavagem de dinheiro e medidas para combater a corrupção privada.

Na ocasião, houve ainda a apresentação da Força Tarefa Cidadã, iniciativa do TCU em parceria com o Observatório Social do Brasil e Rede de Controle da Gestão Pública. O grupo trabalha, ao longo da semana, para definir as novas ações que serão executadas no ano de 2023 e anunciadas em 10 de novembro, durante o encerramento dos trabalhos da 20ª Reunião Plenária.

A Enccla

Em 20 anos, as instituições públicas participantes da Enccla já desenvolveram mais de 350 ações, que produziram, ao longo das edições, diversos resultados, como exemplo, a estruturação de delegacias especializadas em crimes financeiros, do Grupo Nacional de Combate às Organizações Criminosas (GNCOC); e a implementação de sistemas de compartilhamento de dados.

Além disso, uma frente de atuação importante da Estratégia é o acompanhamento legislativo, com alteração nas leis sobre lavagem de dinheiro, organizações criminosas, financiamento do terrorismo, improbidade administrativa, dentre outras.

Algumas ações da Enccla se tornaram programas autônomos, como o Programa Nacional de Capacitação e Treinamento para o Combate à Corrupção e à Lavagem de Dinheiro (PNLD) e o conjunto de Laboratórios de Tecnologia Contra a Lavagem de Dinheiro (Rede-Lab), também desenvolvidos pela Senajus. Em maio deste ano, também foi criada a Rede Nacional de Polícias Judiciárias no Combate à Corrupção (Renaccor).

Conheça os resultados da ENCCLA 2022.

 

Foto: Isaac Amorim
Fonte: ASCOM/MJSP

Ações do documento
Agenda
Dezembro
DoSeTeQuQuSeSa
123
45678910
11121314151617
18192021222324
25262728293031